Projeto

Portugueses de Papel

Personagens Portuguesas da Ficção Brasileira

Grupo de Investigação 6 /Cátedra Infante Dom Henrique (CLEPUL)

Não faltando razão a Ortega y Gasset(1) ao afirmar que o colonizador europeu se tornou um homem novo quando se fixou no Novo Mundo, posto que a adaptação a um ambiente diferente e a um novo tipo de sociedade e de economia, assim como o contacto com outros grupos humanos e outras culturas experiências, fatalmente o modificaram, são, sem dúvida, profundas as diferenças que, bem cedo, o separaram das populações locais. No caso português, chamam a atenção os aspectos que já no período colonial distinguiram, e até mesmo opuseram, reinóis e mazombos.

A figura do português emigrado para o Brasil, desde a colonização até à atualidade, tem sido amplamente estudada pela História e pela Sociologia. Tais estudos indicam, com frequência, uma polarização entre a figura do colonizador rico e explorador, que, por vezes, regressa à terra natal, e a do português pobre e rude, que se foi integrando nas camadas subalternas da sociedade brasileira. Embora se saiba que, desde sempre, a ficção brasileira inclui numerosas personagens portuguesas, o mais das vezes «emigradas» para o território americano, parte integrante de Portugal até à declaração de Independência do Brasil – ocorrida a 7 de setembro de 1822 – não se encontram, até ao momento, estudos aprofundados e abrangentes sobre o assunto.

Assim sendo, o Grupo de Investigação 6 do CLEPUL(2) e a Cátedra Infante Dom Henrique, do mesmo Centro, criaram um projeto que visa levantar e estudar as personagens da ficção brasileira que, nascidas em Portugal, transitaram temporária ou definitivamente para o território brasileiro, antes ou depois da separação do Brasil do Império colonial português. O objetivo principal deste projeto é a construção de um dicionário online com verbetes em que se analisa a representação das personagens portuguesas na ficção brasileira.

Sob a Coordenação Geral dos professores doutores Vania Pinheiro Chaves (CLEPUL), Ana Maria Lisboa de Mello (PUCRS), Jacqueline Penjon (Sorbonne Nouvelle) e Tania Martuscelli (University of Colorado), o dicionário em causa integra uma Comissão Científica formada por numerosos especialistas na matéria e congrega uma ampla equipe de pesquisadores pertencentes a diversas Instituições e Universidades nacionais e estrangeiras.

Vastíssimo, o campo de pesquisa e escrita implicado no dicionário impõe um trabalho faseado. Por conseguinte, numa primeira etapa – que se estenderá por mais ou menos tempo em função do número de textos a analisar e de participantes empenhados nessa investigação – o projeto visa descobrir, nos textos oitocentistas, como os escritores brasileiros romancearam os seus antepassados lusos e/ou os seus contemporâneos portugueses. O corpus, que permanecerá por longo tempo em constituição, integra textos cujos autores geralmente interessados no processo de construção da identidade brasileira, manifestaram, por vezes, ressenti­mentos face à participação, considerada negativamente, dos portugueses – que as personagens romanescas encarnam – na sociedade brasileira em formação.

Esta postura e a inversa deixam entrever que o levantamento e estudo das personagens portuguesas, não só dos textos oitocentistas brasileiros, mas também dos que se lhe seguiram até aos dias de hoje – tarefa a realizar na segunda fase do projeto – são matéria de grande relevância para o conhecimento da visão que os escritores brasileiros têm da História e da sociedade a que pertencem. Tal conhecimento é igualmente importante para todos aqueles que se interessam pelas questões coloniais, migratórias e multiculturais.

A concretização do projeto permitirá também reconstruir a genealogia dos mal-entendidos, das idealizações e dos preconceitos que se misturaram e misturam ainda à imagem de Portugal e dos portugueses no Brasil, o que foi/é tantas vezes presença incômoda nas relações que se estabeleceram e esta­belecem, nos nossos dias, entre estes dois países tão próximos e distantes. Contribuirá outrossim para divulgar, na comunidade científica internacional, o patrimônio literário brasileiro.

Em simultâneo com a investigação respeitante ao desenvolvimento do projeto, os seus membros redigirão verbetes que, após parecer formulado pela Comissão Científica, irão sendo inseridos no dicionário online de personagens portuguesas do romance brasileiro, criado especialmente para o efeito. Complementarmente irão sendo realizados seminários e encontros para apresentação dos resultados das pesquisas em curso e/ou para analisar e debater questões correlatas, a par com colóquios abertos a participantes externos, de que resultará uma benéfica troca de conhecimento sobre o assunto. Em simultâneo, os investigadores do projeto publicarão na base de dados em que se apresenta o dicionário artigos sobre a matéria e temas afins.



1 Apud V. P. H. Ureña, Lterary Currents in Hispanic America, Massachutts, Havard University, 1945, p. 38.
2 O GI 6 dá continuidade a projeto de âmbito menor que a Professora Doutora Vania Pinheiro Chaves propôs, como
trabalho de Pós-Doutoramento, sob a sua supervisão, a Juvenal Batella de Oliveira, que, na condição de bolseiro da
FCT, o iniciou em dezembro de 2010, tendo dele desistido ao regressar ao Brasil em novembro de 2012 (Ref.: SFRH/BPD/68952/2010)

;

Corpo Científico

Direção


Comissão Científica


Investigadores/Pareceristas


;

Dicionário

Pesquisar em:




Todas as obras
;

Fontes

Autor


;

Bibliografia

;

Notícias

Seminário Internacional Portugueses de Papel

Entre os dias 12 e 14 de dezembro de 2016, realizou-se, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, o Seminário Internacional Portugueses de Papel. O evento reuniu diversos colaboradores nacionais e internacionais, com o propósito de analisar a construção da base de dados do Projeto, bem como de refletir sobre a redação de verbetes de personagens do romance brasileiro, apresentados sob a forma de comunicações pelos participantes do Seminário.

O encontro contou também com duas conferências, uma sobre personagens romanescas, outra sobre dicionários literários, proferidas pelos Professores Doutores Carlos Reis e Maria de Lourdes Ferraz.

II Seminário Internacional Portugueses de Papel

Entre os dias 5 e 6 de outubro de 2017, realizar-se-á, na Fundação Casa de Rui Barbosa, o II Seminário Internacional Portugueses de Papel. O evento reunirá diversos colaboradores, com o propósito de refletir sobre a redação de verbetes de personagens do romance brasileiro.

O encontro contará também com duas conferências, proferidas pelas Doutoras Márcia Abreu e Isabel Lustosa.

;

Contacto

Contacto

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade
1600-214 Lisboa
E-mail: pp.investigadores@gmail.com

;